4 dicas de cuidados para sua saúde mental e bem-estar

1. Cuide do seu corpo

Nossos corpos e mentes estão conectados. Quando você cuida do seu corpo, você também está cuidando de sua saúde mental e bem-estar.

prato de alimentação balanceada

Coma bem

A comida é combustível para o nosso corpo. Ela fornecendo nutrientes necessários para seu funcionamento, logo, é possível afirmar que a alimentação está diretamente ligada com a nossa produtividade no trabalho. Nossos cérebros conseguem funcionar bem melhor quando colocamos os “combustíveis” corretos no nosso corpo. Alimentos nutritivos como frutas, vegetais e grãos fornecem nutrientes ricos para que nosso corpo funcione melhor.

Aqui estão algumas dicas sobre como se alimentar melhor:

  • Coma regularmente para que seu corpo tenha “combustível” suficiente para funcionar o dia todo, dessa forma, pular as refeições é um grande erro, porque pode fazer você se sentir bem mais cansado e improdutivo. 
  • Cuidado com o excesso de cafeína. Ela pode aumentar a sensação de ansiedade e trazer problemas cardíacos com o passar do tempo, além de impedir que você não durma bem. A cafeína não esta somente presente em cafés, mas também, em outras bebidas como o chá e energético. 
  • Observe a quantidade de açúcar que você ingere. O açúcar fornece uma rápida explosão de energia. Mas quando essa energia acabar, você pode se sentir ainda mais cansado, o que diminuirá seu humor e o deixará ainda mais irritado.
  • Por fim, tome cuidado com o uso de álcool. Apesar do álcool esconder os problemas por um curto tempo, ele torna a tristeza, estresse e outros sentimentos associados ainda mais difíceis de lidar.

Faça exercício físico

Além do exercício físico ser bom para o seu corpo, ele também pode ser muito bom para sua mente. 

O exercício físico pode ajudar a diminuir o estresse, a ansiedade, melhora o humor, aumenta a energia, ajuda a sentir melhor consigo mesmo, melhora o sono  e ainda pode aumentar a sua produtividade no trabalho.

Aqui estão algumas dicas para manter uma vida ativa:

  • Não tem a necessidade de gastar muito tempo por dia se exercitando para ter uma vida saudável. Apenas 30 minutos por dia, entre três a quatro dias na semana já pode ser o suficiente para ver grandes mudanças. 
  • Escolha uma atividade física que você goste. Lembre-se que pode fazer qualquer atividade, contando que você se mexa!
  • Faça exercícios em grupos. É  muito mais fácil se manter motivado quando tem alguém do seu lado. Além de ser bom para sua saúde mental, te ajuda a se manter conectado com outras pessoas. 
  • Na próxima vez que você se sentir triste, preocupado ou estressado, tente fazer uma atividade ao ar livre. Tomar um ar fresco é a melhor forma para se sentir melhor e esquecer um pouco da rotina. 
  • Não se esqueça de consultar um médico caso você tenha algum problema de suade. É fundamental ter um acompanhamento antes de iniciar suas atividades físicas para evitar problemas futuros.

Durma bem 

A qualidade do seu sono tem um impacto significativo na sua saúde mental. Quando não dormimos o suficiente, é muito mais difícil se concentrar, lembrar das coisas, lidar com o estresse e estar disposto. 

A quantidade necessária de sono varia de pessoa para pessoa. Em média, os especialistas recomendam que uma pessoa durma de 7 a 8 horas por dia. Definitivamente, se você estiver dormindo o suficiente, vai se sentir bem mais disposto. 

Aqui estão algumas dicas que você pode tentar caso não esteja dormindo bem:

  • Evite fazer exercícios físicos muito tarde. Exercícios durante a noite podem te deixar muito acelerado e depois você pode enfrentar dificuldades para dormir. Busque por fazer atividades mais lentas e relaxantes como yoga, para te ajudar a se acalmar antes de dormir. 
  • Tome cuidado em comer muito, ingerir álcool, tomar café ou fumar antes de ir para a cama.
  • Crie um ambiente aconchegante no seu quarto para que se sinta confortável. Um quarto mais escuro, silencioso e fresco é o ideal para poder dormir. 
  • Olhar muito as telas antes de dormir pode afetar a rapidez com que você adormece e qualidade do seu dono. A luz do seu smartphone afeta a produção de melatonina, o hormônio que regula o seu clico de sono. 
  • Tente manter uma rotina, indo dormir e acordar sempre no mesmo horário, para que seu corpo se acostume com essa rotina, mesmo nos fins de semana. 

2. Cuide dos seus pensamentos

Ter uma boa saúde mental não significa que vamos apenas ter pensamentos positivos. Sempre haverá momentos de tristeza, medo e aflição; isso faz parte da vida. No entanto, saber lidar com esses sentimentos é fundamental. Uma boa saúde mental significa ver a situação como ela realmente é. 

Evite as armadilhas do pensamento

A maneria que pensamos sobre algo pode nos afetar diretamente. Se sentimos que podemos lidar com um problema, geralmente nos sentimos bem. Mas se sentimos que não conseguimos lidar com um problema, muito provável que vamos nos sentir mal. 

Às vezes parece que algo está ruim, mesmo quando não está. Esses pensamentos são chamados de armadilhas do pensamento. Eles são fáceis de cair e podem nos deixar presos, nos levando a se sentir mal. Portanto, tome cuidado para que não caia nessa armadilha. 

Aqui estão algumas armadilhas frequentes para tomar cuidado com os seus pensamentos. 

  • Pensar que coisas ruins sempre acontecem com você. “Queria ir à praia, mas agora esta chovendo. Isso sempre acontece comigo. Agora acabou meu dia.”
  • Pensar que não é capaz de fazer algo. “Não fui tão bem como eu queria no último teste. Não sou tão inteligente para esse curso.”
  • Focar apenas na parte negativa de uma situação. “Minha equipe venceu, mas não fui tão bem individualmente. Devo ser muito ruim. Talvez eu não sirva para isso”. 
  • Tirar conclusões precitadas antes de saber o que realmente aconteceu. “Meu chefe não me ligou de volta. Provavelmente vou ser demitido agora.”

Você pode lidar melhor com as armadilhas do seu pensamento se observar cuidadosamente os fatos. Na próxima vez que perceber que está caindo em mais uma armadilha do pensamento, faça a si mesmo perguntas para tentar descobrir o problema. 

Não tenha medo de enfrentar seus problemas

Enfrentamos problemas todos os dias e nem sempre são fáceis de resolver. Quando não agimos, pode se tornar ainda pior, aumentando o estresse e a ansiedade por não saber o que fazer. 

Aqui está algumas dicas para poder enfrentar seus problemas melhor:

  • Identifique qual é o problema. Tente ser específico. É mais fácil resolver um problema quando você sabe exatamente o que esta acontecendo. 
  • Pense em diferentes soluções, dessa forma, escreva todas que vier na sua mente por mais que pareçam bobas. 
  • Selecione uma das suas soluções que acha que funcionará melhor. 
  • Elabore um plano para sua solução. Você pode dividir em diversas etapas para que fique mais fácil de executar. 
  • Coloque sue plano em ação. Lembre-se se se manter equilibrado e evitar que seus pensamentos tomem conta de você.
  • Avalie onde conseguiu executar e onde falhou no seu plano. Se não funcionou tao bem, busque por uma das suas outras soluções e faça um novo plano. Continue até encontrar uma solução que funcione. 

3. Desacelere

Todos nós precisamos de um tempo para desacelerar. Sair da rotina é muito importante para podermos esvaziar nossas mentes das preocupações, pensamentos negativos e estresse. 

Quando ocupamos demais nossa cabeça, se torna muito mais difícil conseguir lidar com os problemas. A nossa mente precisa de descanso para poder enxergar com mais clareza os problemas e achar novas soluções. 

Aqui estão algumas dicas que te ajudarão a se sentir melhor:

  • Quando você está sentido para baixo, é fácil ser duro consigo mesmo. Embora você possa não estar disposto a se parabenizar ou a se elogiar, por outro lado, tente ser compassivo. 
  • Trate-se com gentileza e respeito. Reserve um tempo para seus hobbies e projetos pessoais, amplie seus horizontes. Plante um jardim, faça uma aula de dança, aprenda a tocar um instrumento ou até mesmo aquela viagem dos seus sonhos. 
  • Experimente meditação ou práticas religiosas. Os exercícios de relaxamento e práticas religiosas podem melhorar o seu estado de espírito e sua perspectiva de vida. Pesquisas mostram que a meditação pode ajudar a se sentir mais calmo e aumentar os efeitos da terapia. 
  • Respire bem devagar, comece pela barriga, expanda através de suas costelas, tórax e pulmões. Expire com a mesma lentidão. 
  • Se você tentar fazer tudo de uma vez, provavelmente não chegará a lugar algum. Pare e descanse ao longo do caminho. Você vai se agradecer por isso. 

4. Conecte-se com outras pessoas

As pessoas em nossas vidas são uma grande parte de nossa saúde mental. São com elas que compartilhamos os bons momentos da vida, podemos aprender juntos e também nos fortalecer durante os momentos difíceis. 

Amigos e família podem aumentar os sentimentos positivos. Ajuda a evitar a depressão e a ansiedade, nos faz sentir conectados com outras pessoas. Concentre-se na qualidade de suas amizades e relacionamentos, não na quantidade. Se alguém o adjuda a se sentir apoiado, feliz, útil, querido ou amado, mantenha essa conexão.

Algumas pessoas são boas em lidar com sentimentos, outras compartilham um ponto de vista diferente, enquanto algumas têm mais facilidade em cuidar e zelar por aqueles amam.  No fundo, todas se complementam e por isso precisam de umas as outras. 

Aqui estão algumas dicas para criar relacionamentos duradouros. 

  • Pense em novas maneiras de conhecer outras pessoas. Se você gosta de uma determinada atividade, ingressar em um grupo ou classe é uma boa maneira de conhecer outras pessoas com os mesmos interesses. 
  • Junte-se a um grupo de apoio. Essa é uma boa maneira de encontrar ajuda para um problema específico. 
  • Deixe de lado relacionamentos ruins. Alumas pessoas dentro do nosso ciclo de amizades, podem não nos apoiar. É difícil, mas as vezes precisamos deixar as pessoas irem. 
  • Ajudar aos outros nos ajuda a se sentir bem com sigo mesmo. Também é uma boa maneira de conhecer outras pessoas e aprender novas habilidades. 

Para nos manter saudáveis, precisamos de ajuda. Os problemas de saúde mental são mais fáceis de lidar quando nos conectamos com outras pessoas. Buscar ajuda é sinal de força e não de fraqueza. Pessoas que se conectam com outras, tendem a se recuperar de doenças físicas ou mentais muito mais rápido.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *