recruiters

Para recruiters: pare de cometer esses 6 erros em abordagens no LinkedIn

O LinkedIn revolucionou a maneira como fazemos recrutamento e seleção. Recruiters do mundo inteiro utilizam o site para mapear o mercado e encontrar candidates ideais para suas vagas. No Brasil já são mais de 50 milhões de usuários e um crescimento anual de 14%. A rede social é usada para divulgação de conteúdo relacionado ao mundo corporativo e, principalmente, por pessoas buscando oportunidades e empresas e profissionais autônomos procurando por talentos.

 

O LinkedIn é um terreno muito fértil para o recrutamento, e é comum que se cometam alguns erros e exageros na hora de abordar as pessoas. Para ajudar a conseguir melhores resultados e atingir seus objetivos, separamos os 6 erros em abordagens mais comuns que recruiters cometem no LinkedIn, para você evitá-los:

Disparar convites e mensagens sem conhecer a vaga

Uma palavra: frustração. Para candidates principalmente. Muitas vezes, recruiters querem se adiantar e iniciam suas abordagens antes de conhecer cada detalhe da posição. Para você conseguir ser assertivo em suas indicações, é importante conhecer a posição a fundo: pacote de remuneração, regime de contratação, estrutura do time, perfil cultural, atividades da posição, empresas off limits e skills técnicas. Dessa maneira você evita frustrar candidates que possam ter se interessado pela oportunidade em uma abordagem precoce, e evita um trabalho extra de comunicar essas pessoas sobre o seu erro de avaliação.

Não ter cuidado com mensagens padronizadas

Não quero dizer que você deve escrever uma mensagem individual para cada candidate. Se você é recruiter, com certeza já compôs uma mensagem, que se encaixa em diferentes cenários, e adaptou ela conforme a necessidade exigida pela vaga. Normal! Mas sempre revise suas mensagens padronizadas e tenha certeza que não contenham incongruências.

Errar o tom da abordagem

Diferentes profissionais, de diferentes segmentos e senioridades, exigem tons diferentes na abordagem. É necessária a percepção de que cada vaga pede uma determinada maneira de se comunicar. Para posições de níveis mais elevados pode se usar uma comunicação mais séria e polida, vagas para humanas e áreas criativas podem ser mais descontraídas, e para vagas de tech uma comunicação mais direta e objetiva pode trazer melhores resultados. Acertar o tom da abordagem inicial vai ter um impacto direto na imagem que candidates têm de você.

Julgar candidates apenas pela formação e histórico profissional

É comum que empresas busquem candidates com formação em instituições renomadas ou que venham de empresas consideradas referências em qualidade e performance. Mas muitas vezes, esses profissionais  já possuem rendimentos acima da média e estão completamente satisfeitos em suas empresas, o que dificulta a atração para novas oportunidades. Saber identificar no mercado perfis aderentes que estejam em outras empresas, ou com formação em outras instituições, vai te trazer grande vantagem na busca por profissionais.

Não abordar por considerar qualificado demais

Esse erro é muito comum e pode prejudicar sua performance. Você nunca perde ao abordar profissionais qualificados. Pode ser que essa pessoa esteja justamente buscando novas oportunidades no mercado e a sua proposta possa ser vantajosa para ela. Caso não seja, ela ainda pode contribuir com uma indicação para a sua vaga. Ela pode também querer conversar com recruiters para sondar o mercado, o que se torna uma grande oportunidade para fazer networking.

Não fazer follow up

Assim como você não deve pecar por excesso de insistência com candidates que não respondem suas abordagens, você também não deve pecar pela falta dela. Muitas vezes, candidates não respondem sua primeira abordagem simplesmente por falta de atenção, ou por receberem muitos convites de conexão e se perderem no fluxo de mensagens. Faça sempre um follow up após a primeira mensagem para se certificar que o novo contato veja a mensagem anterior.

Se quiser saber como a 99Hunters pode ajudar em seus desafios de recrutamento com uma rede de headhunters com alcance global, agende já um bate-papo com um de nossos especialistas.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *